Erik Jones é o sexto vencedor diferente em seis corridas na Nascar XFinity Series

Sábado de prova da Nascar XFinity Series no Texas depois de uma semana de folga. E a categoria vem com uma sequência impressionante de vencedores diferentes. Erik Jones se tornou o sexto piloto diferente a terminar em primeiro em seis corridas na temporada. Neste sábado foi a vez de Erik Jones, piloto da Monster Energy Nascar Cup Series e que fez uma participação especial no carro #20 da Gibbs. Segue abaixo um relato da corrida:

Na largada Joey Logano manteve a ponta seguido de Austin Dillon e Daniel Hemric. Erik Jones, que largou em segundo, perdeu algumas posições no início. Dillon, no entanto, perdeu terreno e caiu para a quinta colocação. Hemric subiu para segundo e William Byron em terceiro. Na volta 11 Hemric perdeu o carro, bateu no muro e causou a primeira amarela da corrida. Bandeira verde novamente na 15 e Logano sustentou a liderança seguido de Erik Jones que pulou muito bem no recomeço. Nove voltas, depois, Logano deu uma escorregada, evitou o muro, mas caiu para terceiro.

Daí até o fim do segmento não houve mais mudanças e Erik Jones conquistou a vitória. Os pilotos pararam nos pits e William Byron, que trocou apenas dois pneus, voltou na ponta seguido de Ryan Reed. Durante a paralisação a bandeira vermelha foi acionada para reparos na pista. Os pilotos voltaram a ação na 56 e e Daniel Suarez pulou para a a frente. Na 61, no entanto, o mexicano perdeu o carro, bateu e levou o safety-car de volta a pista. Relargada na 65 e Ryan Blaney continuou em primeiro, mas lá atrás Darrell Wallace Jr, Tyler Reddick, Justin Allgaier e Brennan Poole se envolveram num acidante e causaram outra amarela.

A disputa retomou na 81 e Blaney prosseguiu no comando seguido de Ryan Reed e William Byron. Com sete voltas para o fim do segmento Garrett Smithley rodou e causou mais uma amarela. Alguns pilotos optaram por parar e outros ficaram na pista. Dos que pararam Ryan Blaney voltou a frente seguido de Erik Jones, Austin Dillon e Joey Logano. William Byron ficou na pista e virou o novo líder. O safety-car deixou a pista com três voltas para o fim do segmento e Byron se sustentou na frente seguido de Elliott Sadler. Os pilotos que não haviam parado antes, aproveitaram para parar e com isto Erik Jones assumiu a ponta.

A prova recomeçou na 98 e Erik Jones manteve a ponta seguido de Ryan Blaney e Darrell Wallace Jr. Alguns giros depois, no entanto, o piloto da Penske passou o da Gibbs para liderar a corrida. Bubba Wallace Jr foi superado por Joey Logano na briga pelo terceiro posto. Ty Dillon parou nos pits na volta 141 em bandeira verde. Austin parou dois giros depois. Logano também se encaminhou aos pits, mas com problemas no carro perdeu um tempão. Lá na frente Jones passou Blaney mais uma vez para reassumir o comando da etapa. Daí para frente não houve mais mudanças e Erik Jones confirmou a vitória.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

1 20 Erik Jones 200
2 22 Ryan Blaney 200
3 41 Kevin Harvick 200
4 2 Austin Dillon 200
5 00 Cole Custer 200
6 6 Darrell Wallace Jr 200
7 9 William Byron 200
8 3 Ty Dillon 200
9 19 Matt Tifft 200
10 1 Elliott Sadler 199
11 16 Ryan Reed 199
12 18 Daniel Suarez 199
13 7 Justin Allgaier 199
14 23 Spencer Gallagher 199
15 33 Brandon Jones 199
16 11 Blake Koch 198
17 28 Dakoda Armstrong 198
18 39 Ryan Sieg 198
19 62 Brendan Gaughan 198
20 5 Michael Annett 197
21 51 Jeremy Clements 197
22 14 JJ Yeley 197
23 4 Ross Chastain 197
24 99 David Starr 196
25 07 Ray Black Jr 195
26 52 Joey Gase 195
27 78 BJ McLeod 194
28 90 Alex Labbe 194
29 24 Jeb Burton 192
30 0 Garrett Smithley 188
31 40 Timmy Hill 179
32 21 Daniel Hemric 172
33 42 Tyler Reddick 148
34 12 Joey Logano 145
35 01 Harrison Rhodes 137
36 8 Jeff Green 114
37 48 Brennan Poole 66
38 98 Casey Mears 50
39 13 Carl Long 24
40 93 Jordan Anderson 17
the author

Thiago Raposo é um fanático por automobilismo como um todo.

No comments yet.

HAVE SOMETHING TO SAY?