Keselowski e Logano levam Penske a dobradinha no The Clash

Como comumente acontece, o ano da Nascar começa com uma corrida festiva, o The Clash, onde apenas alguns pilotos elegíveis participam. Foram 17 pilotos nesta edição e a prova foi disputada em 75 voltas. A Penske levou a melhor e fez dobradinha com vitória de Brad Keselowski e segundo lugar de Joey Logano. E Ryan Blaney, terceiro piloto da equipe, terminou na quarta colocação. Kurt Busch acabou evitando que a festa do time fosse maior. Confira abaixo como

Na largada Denny Hamlin pulou para a ponta com a ajuda de Erik Jones e Austin Dillon caiu para terceiro. Um pouco mais atrás Kyle Larson e Ricky Stenhouse Jr se tocaram e o #42 teve que se virar para segurar o carro e perdeu posições. Depois de algumas voltas Dillon conseguiu voltar a ponta com a ajuda de Brad Keselowski. Chase Elliott tentava por cima com o empurrão de Joey Logano. Na volta 25 os pilotos pararam nos pits antecipando a bandeira amarela agendada. Kyle Larson, Kevin Harvick e Ryan Newman. Jimmie Johnson foi punido por irregularidades nos pits.

No recomeço Brad Keselowski pulou para a ponta seguido de Ryan Blaney. Na 34 Jamie McMurray perdeu o carro, bateu no muro e o safety-car foi para a pista. Os pilotos voltaram a ação com 37 para o fim e Chase Elliott em primeiro por baixo, mas logo ele foi superado por Keselowski por cima. Na última volta Jimmie Johnson foi tocado por Larson, perdeu o carro que rodou e levou junto Kyle Busch e Chase Elliott. A amarela não foi acionada e lá na frente Brad Keselowski confirmou a vitória seguido de Joey Logano na dobradinha da Penske.

the author

Thiago Raposo é um fanático por automobilismo como um todo.

No comments yet.

HAVE SOMETHING TO SAY?